AgriConnected na Mídia: Startup cria dispositivo para gerenciar operações agrícolas
Dispositivo de monitoramento da AgriConnected

AgriConnected na Mídia: Startup cria dispositivo para gerenciar operações agrícolas

Texto escrito pela Luciana Almeida, Organics News Brasil

A mecanização da produção agrícola revolucionou o agronegócio e aumentou a produtividade. Em 2017, o setor cresceu 13% no Brasil e já representa 23,5% do PIB nacional, segundo dados da Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio.

Com o crescimento do mercado, dois amigos viram na otimização dos processos de produção do setor uma oportunidade para empreender e realizar o sonho de ter o negócio próprio.

Assim surgiu a Agriconnected, uma startup que ajuda pequenos e médios produtores a gerenciar operações agrícolas, do preparo ao plantio, por meio de um dispositivo que utiliza IoT, big data e analytics para fazer o monitoramento e manutenção das máquinas agrícolas.

O dispositivo captura informações de trajeto, velocidade, relevo e se o motor está ligado ou desligado. As informações coletadas são enviadas por rede de celular GPRS para a nuvem, onde serão armazenadas em uma plataforma para análise.

Com os dados, o produtor consegue saber onde a operação foi bem sucedida ou não teve tanta eficiência por meio de um mapa de calor, saber qual o problema na área, o custo, quantidades de insumos necessários, entre outros.

“Se o produtor quer fazer uma pulverização, nós fazemos o planejamento e as boas práticas necessárias para aquele tipo de operação. Depois nós monitoramos tudo em tempo real para saber se a operação está sendo realizada de forma eficiente. Se não estiver, nós geramos alertas, que podem ser enviados por SMS ou Whatsapp, para o administrador da fazenda e ele consegue gerar uma ação corretiva e arrumar a operação”, explica Boris Rotter, sócio-fundador da Agriconnected, ao ONB.

Segundo o empresário, o dispositivo funciona em qualquer tipo de máquina,  independente do modelo, do fabricante ou o ano, só precisa ser energizado para começar a funcionar e tem baixa manutenção para o produtor.

A falta de infraestrutura de comunicação também não é um problema, afirma Rotter. Nas regiões onde não há cobertura de celular, a empresa adapta o sistema para utilizar a frequência, disponível, como a de rádio, para conectar o dispositivo.

Quer saber como melhorar a sua operação agrícola e como monitorar suas máquinas? Então, leia o seguinte post: 7 pontos para uma gestão e um monitoramento de operação agrícola de sucesso

Gostou do texto?

Deixe uma resposta

Fechar Menu